Doenças causadas pela ausência de dedetização de mosquitos

Previna-se com a dedetização de mosquitos

Mesmo que sejam insetos pequenos, os mosquitos são os indivíduos que mais causam mortes por ano de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). Segundo os dados publicados em 2015, cobras, leões e tubarões não fazem nem um terço do número de vítimas que os mosquitos, que matam milhões por ano através da transmissão de doenças. Por isso a dedetização de mosquitos é importante.

A lista de doenças que podem ser transmitidas por esses insetos é enorme e os sintomas, gravidade e meios de tratamentos variam de acordo com o transmissor.

Para evitar que a contaminação venha a acontecer é necessário manter-se em dia com o serviço.

Embora no Brasil a dengue seja a mais recorrente e noticiada entre as doenças, o contágio de todas as outras ainda é uma possibilidade recorrente e igualmente preocupante.

Conheça algumas das doenças que podem ser causadas pela falta de um serviço eficaz de dedetização de mosquitos:

Conheça algumas das doenças que podem ser causadas pela falta de um serviço eficaz de dedetização de mosquitos:

dengueDENGUE

Transmissor: Aedes aegypti
Sintomas: Dores musculares, dores de cabeça, cansaço, febre, náuseas e vômitos, tontura.
Tratamento: Exige frequentes exames médicos e tratamento com analgésicos e ingestão de líquidos. Caso seja contraída mais de uma vez há risco dela voltar de maneira mais intensa, porém, se cuidada de forma correta pode ser resolvida a curto prazo.

zika

ZIKA

Transmissor: Aedes aegypti
Sintomas: Na maioria dos casos a doença não demonstra nenhum sintoma. Se ele aparecer causa febre, dor nas articulações e olhos vermelhos, podendo em alguns casos provocar até paralisia.
Tratamento: Não existe um tratamento específico para a doença. Eliminam-se os sintomas através de medicamentos e cuidados básicos como uso de telas, repelentes e outros.

malaria1

MALÁRIA

Transmissor: Anopheles
Sintomas: Calafrios, febre, fadiga e dores musculares.
Tratamento: Requer exames médicos recorrentes e sua gravidade varia de acordo com a espécie do protozoário Plasmodium. Sua medicação depende da intensidade da doença, porém os cuidados básicos são: manter uma alimentação sólida no início e o uso de medicações.

chicunkunya

CHIKUNGUNYA

Transmissor: Aedes aegypti
Sintomas: Normalmente os sintomas aparecem após uma semana de contágio. Febre e dores nas articulações surgem de imediato e com o tempo dores musculares, de cabeça e fadiga podem ocorrer.
Tratamento: Assim como a dengue, os sintomas são tratados na base de medicação, repouso e ingestão de líquidos.

malaria

FEBRE AMARELA

Transmissor: Aedes aegypti
Sintomas: Os casos leves causam febre, dor de cabeça, náuseas e vômitos. Já os casos mais graves podem causar doenças cardíacas, hepáticas e renais fatais.
Tratamento: Não existe um tratamento para a doença, por esse motivo há um esforço em contê-la através de contenção desses mosquitos nas suas regiões mais comuns e através de campanhas de vacinação.

Na Uniprag possuímos equipes que são qualificadas e constantemente treinadas para realizar serviço dedetização de mosquitos de forma completa, identificando o tipo de mosquito e qual o método mais apropriado para sua eliminação.

Entre em contato com uma de nossas unidades e solicite um orçamento para o controle de mosquitos!

CLOSE
CLOSE

Pin It on Pinterest

Share This