Central de Atendimento: 0800 704 1528      |

Redes Sociais:
  

Central de Atendimento:

Confirmada 4ª morte por febre maculosa no Japão em 2015

De acordo com o Instituto Nacional de Doenças Infecciosas (NIID, na sigla em inglês), um centro de pesquisa ligado ao Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar do Japão, a quarta vítima por febre maculosa no país este ano foi um homem de aproximadamente 80 anos que apresentou os sintomas da doença e foi levado a um hospital na cidade de Hiroshima, no oeste do Japão, vindo a falecer no dia seguinte.

A febre maculosa é uma doença transmitida através da picada do carrapato da espécie Amblyomma cajennense (popularmente conhecido no Brasil como carrapato-estrela) infectado por uma bactéria, que tem como hospedeiros animais silvestres, cavalos e gados e é responsável pela infecção de 105 pessoas somente em 2015, sendo quatro vítimas fatais e outras 20 estão internadas de acordo com o relatório apontado pelo instituto.

De acordo com os relatos de parentes da vítima, o instituto supõe que o idoso contraiu a doença ao ter contato com o carrapato transmissor enquanto cuidava de uma horta localizada no quintal onde residia.

Sintomas e cuidados

Entre os sintomas da doença estão febre, dores no corpo, mal estar generalizado, náuseas, vômitos e erupção cutânea.

Ainda não existe vacina contra a febre maculosa, adverte o NIID e por isso, a população deve evitar frequentar áreas de vegetação e de mato, onde se faz mais comum a infestação de carrapatos.

De acordo com o texto do relatório o ideal é que use repelentes e roupas que cubram todo o corpo quando for necessário ter contato com locais de risco e tudo que tiver entrado em contato com o local, deverá ser verificado e desinfetado antes de entrar em casa.

Se você possui animais de estimação, como gatos e cachorros, é ideal que também sejam examinados após retorno de um passeio em locais com gramado.

SFTS, outra doença transmitida por carrapato

Com base nos dados do NIID, o vírus da Síndrome de Febre Severa com Trombocitopenia (SFTS, na sigla em inglês), também transmitido por carrapatos, provocou a morte de 34 pessoas ao longo de dois anos no Japão, tendo mais de 120 casos do vírus já foram registrados desde meados de 2013.

O vírus da SFTS foi descoberto na China, em 2011, mas o surto de contaminação foi disseminado no Japão. De acordo com o Instituto, os carrapatos portadores do vírus chegaram ao arquipélago japonês por intermédio de animais trazidos da China.

Sintomas

Febre, vômito e disfunções gastrointestinais, além da redução na quantidade de glóbulos brancos e plaquetas em casos mais graves, o que pode levar a hemorragias, são sintomas provocados pelo SFTS e tendem surgir entre 6 e 14 dias após a contaminação.

Fonte clique aqui.

    CATEGORIAS:
Dicas Legislação Notícias

LIGUE PARA A UNIPRAG MAIS PRÓXIMA DE VOCÊ

Ou envie-nos uma mensagem pelo formulário abaixo: