Central de Atendimento: 0800 704 1528      |

Redes Sociais:
  

Central de Atendimento:

Controle de Pombos

Como o controle químico não é permitido, são utilizadas técnicas de manejo do ambiente que dificultem o acesso das aves a alimento e abrigo:

– Inclinação das superfícies de pouso –  Superfícies com inclinações com ângulo maior que 60º não são procuradas pelos pombos para pouso. A modificação da angulação dessas superfícies reduz , portanto, a população de pombos.
– Emprego de acessórios desestabilizadores de pouso – Acessórios tais como espículas, molas, fios de nylon ou de metal causam uma sensação de instabilidade para os pombos, provocando seu afastamento .
– Vedação de espaço – Consiste na vedação de vãos de acesso a telhados, sótãos, saídas de tubulações, com o uso de estruturas de tela, redes, espumas, tapumes ou argamassa, conforme a característica do local.
– Persuasão de pouso por substâncias repelentes- Consiste no uso de substâncias atóxicas que tem a função de inibir o pouso dos pombos por causarem repelência pelo incômodo ao contato. São substâncias em formulação gel,   aplicadas em faixas onduladas, ao longo de parapeitos, vãos de acesso, fachadas de prédios, grades de aparelhos de ar condicionado e estruturas arquitetônicas de alto relevo.

    CATEGORIAS:
Dicas Legislação Notícias

LIGUE PARA A UNIPRAG MAIS PRÓXIMA DE VOCÊ

Ou envie-nos uma mensagem pelo formulário abaixo: