Central de Atendimento: 0800 704 1528      |

Redes Sociais:
  

Central de Atendimento:

Armazenamento de grãos requer atenção especial às pragas

O armazenamento de alimentos de forma segura e livre de pragas é um constante desafio na área de controle de pragas. Quando o local destinado ao depósito de grãos não está protegido de forma adequada, pragas de grãos podem aparecer e resultar em danos financeiros em função do comprometimento dos alimentos.

Dentre as principais espécies de pragas de grãos, pode-se salientar três tipos de maior frequência que, em função disso, precisam de um plano de controle e prevenção profissional.

As pragas de grãos mais frequentes

  1. Traça dos cereais (Sitotroga cerealella)

A traça de cereais é uma praga que atua apenas em sementes intactas alterando assim o peso e, consequentemente, sua qualidade. Além disso, a espécie se desenvolve também na farinha de trigo, gerando deterioração de produto pronto para consumo.

  1. Besourinho dos cereais (Rhyzopertha dominica)

Considerado uma das principais pragas da pós colheita do trigo, o besourinho dos cereais é capaz de destruir de 5 a 6 vezes seu próprio peso em uma semana e, em função disso, deixar os grãos imprestáveis. Os danos podem ser provocados tanto pelas larvas quanto pelos adultos.

  1. Carunchos e gorgulhos dos cereais (Sitophilus oryzae e zeamais)

Essas duas espécies são muito semelhantes em caracteres morfológicos e podem ser distinguidas somente pelo estudo da genitália. Ambas podem ocorrer juntas no mesmo lote de grãos ou sementes, independentemente do produto onde são encontradas. A ação dessas espécies ocorre em arroz, centeio, cevada, milho, sorgo e trigo, deixando qualquer uma das sementes imprestável para uso.

O que fazer

Além dos cuidados com limpeza do silo de armazenagem, o mais indicado é que, em caso da aparição de pragas nos grãos, seja feito um controle chamado fumigação.

Para maior efetividade do processo de eliminação, o ideal é chamar uma empresa especializada e certificada, como a Uniprag. Somente um atendimento profissional é capaz de analisar qual a melhor metodologia será mais efetiva de acordo com o tipo de praga.

    CATEGORIAS:
Dicas Legislação Notícias

LIGUE PARA A UNIPRAG MAIS PRÓXIMA DE VOCÊ

Ou envie-nos uma mensagem pelo formulário abaixo: